Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Petroleiro iraniano retido na Grécia por sanções dos EUA é liberado

O petroleiro de bandeira liberiana Ice Energy (esq.) transfere petróleo bruto do petroleiro russo Lana (dir.) (ex-Pegas), na a costa de Karystos, na Ilha de Evia, em 29 de maio de 2022 [Angelos Tzortzinis/AFP via Getty Images]

Um navio-tanque de bandeira iraniana apreendido pela Grécia em abril, cuja carga foi confiscada pelos Estados Unidos, foi rebocado para o porto de Pireu no sábado, disseram autoridades da guarda costeira grega, depois que as autoridades gregas aprovaram sua liberação, informou a Reuters.

Por mais de dois meses, o Lana, com bandeira iraniana, ficou ancorado na ilha grega de Evia em um impasse diplomático que prejudicou as relações de Atenas com Teerã em meio a crescentes tensões entre o Irã e os Estados Unidos.

“Ele deixou Karystos às 06h30 (03h30 GMT) e deve chegar ao Pireu por volta das 22h”, disse um funcionário.

As autoridades gregas em abril apreenderam o Lana e sua carga de petróleo com 19 tripulantes russos a bordo perto da costa de Evia, devido a sanções dos Estados Unidos.

Essa decisão foi revogada em 10 de junho devido a complicações relacionadas à propriedade, mas até a semana passada o navio estava detido por outra empresa por dívidas de serviços de reboque.

LEIA: Acordo nuclear é mais improvável após conversas no Catar, alega oficial dos EUA

O Lana, que tem problemas no motor, foi oficialmente liberado após o pagamento do valor devido, disseram fontes legais à Reuters.

Parte da carga de petróleo iraniana já havia sido transferida para outro navio, o Ice Energy, que foi contratado pelos Estados Unidos e está atracado no porto de Pireu.

Após recurso de uma empresa iraniana em 7 de junho, um painel judicial grego revogou a ordem judicial que permitia o confisco da carga em nome dos Estados Unidos, abrindo caminho para Lana recuperá-la.

Não ficou imediatamente claro se isso aconteceria ou se os governos dos EUA ou da Grécia contestariam a última decisão.

A remoção do petróleo do Lana levou as forças iranianas no mês passado a apreender dois navios-tanque gregos no Golfo do Oriente Médio depois que Teerã alertou sobre “ação punitiva” contra Atenas. Eles ainda não foram liberados.

Categorias
Europa & RússiaGréciaIrãNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments