Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Governo do Iêmen e houthis trocam acusações mútuas de violações de trégua, e ONU pede moderação

Enviado especial da ONU para o Iêmen, Hans Grundberg, em Taiz, Iêmen, em 8 de novembro de 2021 [Abdulnasser Alseddik/Agência Anadolu]

A Organização das Nações Unidas (ONU) pediu, na sexta-feira (08), que os dois lados do conflito no Iêmen “exerçam moderação”, enquanto o governo iemenita e o grupo Ansar Allah (Houthis) trocaram acusações de violação da trégua.

As principais frentes de combate pareciam calmas desde o início da trégua no último sábado, mas os dois lados do conflito trocaram acusações de avanço em Ma’rib, norte do Iêmen.

Os houthis tentam há mais de um ano avançar em direção à cidade de Ma’rib para ganhar o controle de todo o norte do Iêmen.

Fontes militares próximas ao governo iemenita anunciaram que um ataque houthi havia sido frustrado ao sul de Ma’rib. Uma fonte militar disse à AFP que as forças houthis enviaram reforços militares aproveitando a cessação dos ataques aéreos.

A fonte também observou: “O ataque foi repelido e os houthis foram forçados a recuar”. Segundo a fonte, as forças pró-governo “lançaram um contra-ataque aos houthis” ao sul de Ma’rib.

Os houthis anunciaram através de TV Almasirah que haviam “repelido o avanço” ao sul da cidade, citando “uma violação da trégua humanitária e militar”.

LEIA: Exército do Iêmen monitorou 130 violações do cessar-fogo pelos houthis

Na noite de sexta-feira, o enviado da ONU para o Iêmen, Hans Grundberg, pediu a ambos os lados do conflito que exerçam moderação e respeitem a trégua.

Grundberg twittou: “Estou acompanhando de perto os últimos desenvolvimentos em #Marib e exorto todas as partes a mostrarem moderação e seu compromisso contínuo com a trégua, conforme prometido aos iemenitas”.

A trégua deve durar dois meses e inclui a permissão de voos comerciais do Aeroporto Internacional de Sanaa, que está aberto apenas para ajudar aviões desde 2016. Isso representa um raro vislumbre de esperança no conflito após uma guerra debilitante em andamento há mais de sete anos.

Mortes no conflito no Iêmen [Sarwar Ahmed/Monitor do Oriente Médio]

Categorias
Arábia SauditaEmirados Árabes UnidosIêmenIrãNotíciaONUOrganizações InternacionaisOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments