Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Candidatos do Brasil e países do Oriente Médio são barrados por legião da Ucrânia

Cartaz divulgado em vídeo pelo grupo Top Militar LHB [Youtube]

Pessoas interessadas em lutar pela Ucrânia foram rejeitadas em função dos países de origem: são do  Oriente Médio, Ásia e o bloqueio inclui o Brasil É o que consta de um email de resposta a um brasileiro de Minas Gerais, atribuído à  Legião Internacional de Defesa Territorial da Ucrânia e encaminhado a Uol. O portal de notícias tentou confirmar a informação diretamente com a organização da Ucrânia, obtendo a resposta de que voluntários de alguns países não são aceitos, sem dizer quais países.

A lista de 22 origens consta porém do email atribuído ao candidato brasileiro e inclui, além do Brasil, os países Afeganistão, Síria, Kosovo, Rússia, Belarus, Jordânia, Emirados Árabes Unidos, Paquistão, Arábia Saudita, Qatar, Líbano, Uzbequistão, Turcomenistão, Tajiquistão, Quirguistão, Cazaquistão, Irã, Iraque, Tailândia, Índia e Armênia.

O Uol menciona algumas hipóteses para a rejeição desses voluntários: receio da entrada de espiões,  racismo ou retaliação pela posição menos crítica à Russia, impedindo um isolamento total do pais agressor.

LEIA: O mundo pós-guerra russo-ucraniana e a nova bipolaridade ampliada

Categorias
AfeganistãoArábia SauditaArmêniaÁsia & AméricasBielorrússiaBrasilCatarCazaquistãoEmirados Árabes UnidosEuropa & RússiaÍndiaIrãIraqueJordâniaKosovoLíbanoNotíciaOriente MédioPaquistãoQuirguistãoRússiaSíriaTailândiaTajiquistãoTurcomenistãoUcrâniaUzbequistão
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments