Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Corte Internacional de Justiça anuncia parecer sobre Rússia esta quarta-feira

Corte Internacional de Justiça em Haia, na Holanda.[Jeroen Bouman / ICJ]

A Corte Internacional de Justiça, CIJ, o principal órgão judiciário das Nações Unidas, apresentará esta quarta-feira o parecer sobre o caso Ucrânia versus Rússia.

Os representantes ucranianos submeteram ao tribunal um pedido para que medidas sejam tomadas contra a Rússia, citando a Convenção sobre a Prevenção e a Punição do Crime de Genocídio.

Argumentos  

No dia 7 de março, defensores da Ucrânia foram à CIJ, em Haia, na Holanda, apresentar seus argumentos numa audiência pública, enquanto a Rússia optou por não participar da sessão.

Na ocasião, o representante da Ucrânia, Anton Korynevych, fez um apelo para que a Rússia “baixe as armas”, argumentando ainda que a ofensiva russa foi uma violação direta da Convenção de 1948 sobre o Genocídio.”

LEIA: Da Bósnia à Ucrânia, a história se repete

Parecer ao vivo  

Nesta quarta-feira, às 16h, hora local em Haia, a presidente do tribunal e juíza, Joan E. Donoghue, fará a leitura do parecer da Corte Internacional de Justiça. Toda a sessão poderá ser acompanhada, ao vivo, pela UN WebTV.  

A ofensiva militar da Rússia contra a Ucrânia começou no dia 24 de fevereiro. Desde então, 3 milhões de pessoas fugiram do país e buscaram refúgio em nações vizinhas ou outros países europeus, segundo a Agência da ONU para Refugiados, Acnur. A Organização Mundial da Saúde, OMS, contabilizou pelo menos 31 ataques a centros de saúde ou hospitais da Ucrânia.

Publicado originalmente em ONU News

Categorias
Europa & RússiaHolandaNotíciaOMSONUOrganizações InternacionaisRússiaUcrânia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments