Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel recebe a pior nota em corrupção de sua história

Mulheres israelenses a serviço do exército nacional em Tel Aviv, 13 de abril de 2021 [JACK GUEZ/AFP via Getty Images]

O Índice de Percepção da Corrupção da Transparência Internacional para 2021 conferiu a Israel a pior nota de sua história, segundo informações divulgadas nesta terça-feira (25).

O estado ocupante ficou em 36° lugar entre 180 países no relatório do último ano, após classificar-se em 28° lugar há cinco anos atrás, segundo o jornal Times of Israel.

Dos 37 membros da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), Israel ficou em 29° lugar, caindo quatro posições em relação à pesquisa anterior.

LEIA: Netanyahu ‘não vai concordar’ com delação premiada

Os rankings derivam dos “níveis inferidos de corrupção no setor público segundo empresários e especialistas”, com base em dados coletados por 13 organizações, incluindo o Fórum Econômico Mundial, o Banco Mundial e a organização Freedom House, sediada em Washington.

Nili Arad, presidente da Transparência Internacional – Israel, afirmou que a classificação “sugere o fortalecimento do fenômeno da corrupção no país”. Segundo Arad, o problema é particularmente preocupante diante da pandemia de covid-19, “quando medidas extras de transparência são necessárias para proteger as fundações da democracia”.

Em 2019, o então premiê israelense Benjamin Netanyahu foi indiciado por propina, fraude e crime de responsabilidade. Agora líder da oposição, Netanyahu desmentiu nesta semana rumores de um eventual acordo com a promotoria, segundo o qual assumiria culpa.

Categorias
IsraelNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments