Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Atriz de Harry Potter é atacada por oficiais israelenses após postagem pró-Palestina

Emma Watson, que interpretou Hermione Granger na franquia, compartilhou uma imagem de protestos a favor da causa palestina; embaixador israelense alegou ‘antissemitismo’

Nesta segunda-feira (3), oficiais israelenses saíram ao ataque contra a atriz britânica Emma Watson, que interpretou Hermione Granger na franquia Harry Potter, após ela compartilhar uma postagem em solidariedade à causa palestina em sua conta do Instagram.

Watson publicou uma imagem de protestos palestinos, com os dizeres “solidariedade é um verbo”, repostado da página Bad Activist Collective.

Na legenda, a atriz inseriu uma citação da ativista britânica Sara Ahmed: “A solidariedade não pressupõe que nossas lutas sejam as mesmas lutas, que nossa dor seja a mesma dor, que nossas esperanças sejam por um mesmo futuro. Solidariedade envolve compromisso e trabalho, além do reconhecimento de que, caso não tenhamos os mesmos sentimentos, as mesmas vidas, os mesmos corpos, ainda vivemos em um terreno comum”.

Emma Watson, atriz de Harry Potter, expressa apoio à causa palestina

A mensagem recebeu mais de um milhão de likes e recebeu apoio de dezenas de milhares de usuários das redes sociais, agradecendo a atriz por sua solidariedade ao povo palestino.

Entretanto, Danny Danon, ex-embaixador israelense nas Nações Unidas, condenou a postagem, ao difundí-la no Twitter com a legenda “Menos dez pontos para a Grifinória por ser antissemita”, em referência ao sistema de pontuação estudantil na série de livros e filmes.

 

Diplomata israelense Danny Danon acusa Emma Watson de ‘antissemitismo’

Usuários do Twitter rapidamente criticaram Danon por associar a solidariedade ao povo palestino, sob ocupação militar israelense, com a discriminação antijudaica.

Contestou um usuário: “De que modo manifestar solidariedade a um povo oprimido pode ser antissemita? Se você é responsável por práticas desumanas, não importa crença ou nação, as pessoas têm o dever e o direito de denunciar as injustiças!”

Usuários das redes sociais contestam acusação de ‘antissemitismo’ contra Emma Watson

Outro usuário respondeu: “Menos dez pontos para a Sonserina porque Israel é um estado de apartheid que utiliza seu etnofascismo para roubar tudo dos palestinos, incluindo suas vidas”.

Usuários das redes sociais contestam acusação de ‘antissemitismo’ contra Emma Watson

Sayeeda Warsi, política britânica e membro do Partido Conservador, saiu em defesa da atriz: “Repita comigo … Demonstrar solidariedade aos palestinos não é antissemitismo. Comentários chocantes do ex-embaixador israelense na ONU. Tentativas constantes de sufocar todo e qualquer apoio aos palestinos devem ser denunciadas. Solidariedade a Emma Watson”.

Sayeeda Warsi, baronesa britânica, contesta acusação de ‘antissemitismo’ contra Emma Watson

Todavia, o atual embaixador israelense Gilad Erdan fez coro às acusações: “A ficção pode funcionar no mundo mágico de Harry Potter, mas não funciona no mundo real. Se assim fosse, a magia eliminaria os males do Hamas, que oprime as mulheres e quer aniquilar Israel, e da Autoridade Palestina, que apoia o terrorismo. E eu bem seria a favor disso!”

Embaixador israelense Gilad Erdan acusa Emma Watson de ‘antissemitismo’

Em contrapartida, nesta semana, o Ministro da Defesa de Israel, Benny Gantz, recebeu em sua casa o Presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, para reaproximar as partes e debater conjuntura, segurança e economia, segundo relatos da imprensa local.

LEIA: Artistas australianos boicotam Festival de Sydney por recursos de Israel

Categorias
Europa & RússiaIsraelNotíciaOriente MédioPalestinaReino UnidoTrends do TwitterVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments