Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Autoridades desmontam barracas de imigrantes na capital belga, Bruxelas

A foto mostra uma ação de protesto no centro de registro Fedasil 'Klein Kasteeltje - Petit Chateau' (pequeno castelo) para requerentes de asilo em Bruxelas, em 01 de dezembro de 2021 [Hatim Kaghat/Belga Mag/AFP via Getty Images]
A foto mostra uma ação de protesto no centro de registro Fedasil 'Klein Kasteeltje - Petit Chateau' (pequeno castelo) para requerentes de asilo em Bruxelas, em 01 de dezembro de 2021 [Hatim Kaghat/Belga Mag/AFP via Getty Images]

Autoridades municipais locais na capital da Bélgica, Bruxelas, removeram as tendas dos migrantes que esperavam para ser admitidos no centro de asilo da cidade, relatou a Agência Anadolu.

Autoridades municipais desmontaram tendas montadas fora do Petit Chateau, a sede da Fedasil, agência federal para a recepção de requerentes de asilo na cidade, que abriga importantes instituições da UE.

Sem permissão para entrar no prédio, os migrantes ergueram as tendas para passar a noite no local, em meio à longa espera para entrar com o pedido de asilo.

Os oficiais desceram para as tendas nas primeiras horas da manhã, enquanto os migrantes continuavam a esperar sob a chuva, recolhendo seus pertences pessoais.

Em 18 de outubro, a diretora do Fedasil, Isabelle Plumat, disse a repórteres que o centro estava quase cheio e esteve “em alerta” nos últimos meses. Houve uma greve de um dia no centro devido à superlotação no mesmo dia.

LEIA: Mais de 1 milhão de sírios ‘retornaram voluntariamente’ da Turquia ao seu país

Categorias
BélgicaEuropa & RússiaNotíciaOrganizações InternacionaisUE
Show Comments
Show Comments