Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Espanha propõe abordar crise Marrocos-Argélia na cúpula mediterrânea

Ministro de Relações Exteriores da Espanha José Manuel Albares conversa com a imprensa após reunião de política externa na sede da União Europeia, em Bruxelas, 15 de novembro de 2021 [JOHN THYS/AFP via Getty Images]

Madri tentará abordar a crise entre Marrocos e Argélia durante a cúpula da União para o Mediterrâneo, prevista para ocorrer neste mês, na cidade de Barcelona, afirmou no domingo (14) o Ministro de Relações Exteriores da Espanha, José Manuel Albares.

É a primeira vez que um oficial europeu anuncia planos para abordar a crise diplomática.

Em entrevista ao jornal Diario de Sevilla, o chanceler enfatizou que ambos os países são parceiros essenciais da Espanha e da União Europeia.

“A Espanha sempre trabalhará pela boa vizinhança e cooperação para desenvolver o Mediterrâneo”, observou Albares. “O diálogo é fundamental nesse sentido”.

LEIA: Drone foi usado para atacar caminhões da Argélia

Na última semana, Paris sediou uma conferência sobre a Líbia, que contou com a presença do chanceler argelino Ramtane Lamamra e sua contraparte marroquina, Nasser Bourita. Na ocasião, ambos os diplomatas recusaram-se a apertar as mãos.

Diversos países árabes tentaram mediar a disputa, mas não obtiveram êxito.

O relacionamento entre os estados vizinhos é conturbado há décadas, mas deteriorou-se no último ano, após a Frente Polisário — com apoio argelino — anunciar seu retorno à luta armada pela independência do Saara Ocidental, território reivindicado por Rabat.

Em agosto, o governo argelino decidiu cortar laços com a monarquia vizinha.

Categorias
ÁfricaArgéliaEspanhaEuropa & RússiaMarrocosNotícia
Show Comments
Show Comments