Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Reino Unido envia ‘pequena equipe’ de soldados `a Polônia

Migrantes aguardam na fronteira polaco-bielorrussa em 10 de novembro de 2021 [Agência Stringer / Anadolu]

A Grã-Bretanha disse na sexta-feira que implantou “uma pequena equipe” das forças armadas na Polônia, enquanto a crise de imigração com a Bielorrússia continua.

O Ministério da Defesa disse em um comunicado que os militares foram destacados “para resolver a situação em curso na fronteira com a Bielorrússia”.

“O Reino Unido e a Polônia têm uma longa história de amizade e são aliados da OTAN”, acrescentou.

“Uma pequena equipe das forças armadas do Reino Unido foi enviada, após um acordo com o governo polonês para explorar como podemos fornecer suporte de engenharia para lidar com a situação em curso na fronteira com a Bielorrússia”, diz o comunicado.

A concentração de um grande número de pessoas em busca de saída para a Europa na fronteira entre a Polônia e a Bielorrússia aumentou as tensões entre os dois países.

Em um discurso em 6 de julho, o presidente da Bielorrússia, Aleksandr Lukashenko, disse que, após as atitudes ocidentais em relação à Rússia e à Bielorrússia, eles não podem mais aceitar pessoas fugindo da guerra.

Ele disse que não impediriam ninguém, acrescentando: “Não somos o destino final deles, afinal. Eles estão se dirigindo para uma Europa iluminada, quente e aconchegante”.

LEIA: Político francês de extrema-direita sugere que migrantes sejam deixados para congelar na fronteira com a Polônia

Em outubro, a Bielorrússia suspendeu um acordo com a UE, que obrigava o país a aceitar de volta os migrantes que cruzaram seu território para a UE.

A UE acusa a administração bielorrussa de “usar a migração irregular como ferramenta” e “tentar desestabilizar a UE”, enviando migrantes para as fronteiras dos países da UE, Polônia, Lituânia e Letônia.

As autoridades polonesas anunciaram que não permitiriam a entrada de migrantes no país e enviariam aqueles que conseguissem entrar de volta à Bielorruússia.

A Bielorrússia acusa a Polônia de não oferecer tratamento humano às pessoas que buscam emigrar para a Europa, enquanto a administração polonesa acusa a Bielorrússia de usar essas pessoas como ferramenta política.

A UE acusou o governo bielorrusso de “usar imigrantes e incentivá-los a ir para as fronteiras da UE”.

A Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, apelou aos Estados-Membros da UE para aprovarem um regime de sanções alargado contra as autoridades bielorrussas em meio à crise na fronteira.

A situação na fronteira Polônia/Belarus – Charge [Sabaaneh/Monitor do Oriente Médio]

Categorias
BielorrússiaEuropa & RússiaNotíciaPolôniaReino Unido
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments