Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel expropria mais terras palestinas para expandir assentamentos

Soldados israelenses bloqueiam estradas em meio a protestos palestinos contra a expansão de assentamentos ilegais nos arredores de Yatta, perto de Hebron (Al-Khalil), Cisjordânia ocupada, 2 de outubro de 2021 [Mamoun Wazwaz/Agência Anadolu]

Autoridades da ocupação israelense notificaram residentes da aldeia de Yasuf, a leste de Salfit, na Cisjordânia ocupada, sobre planos para expropriar 40 dunums de terras palestinas — equivalente a 9.9 acres. As informações são da agência Wafa.

Abdallah ‘Abiyya, chefe do conselho de Yasuf, afirmou que Israel pretende expandir assim o assentamento exclusivamente judaico de Taffouh, no arredores da aldeia.

Sob a lei internacional, assentamentos nos territórios ocupados são designados ilegais.

Abdallah Kmail, prefeito de Salfit, exortou grupos de direitos humanos a se mobilizarem para impedir o roubo de propriedades palestinas por parte de Israel.

Enquanto isso, soldados da ocupação destruíram abrigos e estruturas na comunidade beduína de Qabbon, ao norte de Ramallah, na manhã desta quinta-feira (14).

Fontes palestinas relataram que tropas e tratores israelenses invadiram o local e destruíram casas e instalações agrárias utilizadas para subsistência da comunidade.

Em julho, Israel destruiu 11 abrigos pertencentes aos beduínos de Qabbon, a fim de expulsar os habitantes palestinos e expandir assentamentos ilegais instalados na área.

LEIA: Colonos israelenses arrancam 900 oliveiras em fazendas palestinas

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments