Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel ignora necessidade urgente de tratamento de prisioneiro palestino

Prisioneiro palestino Iyad Haribat [AhmadReida/Twitter]

Os Serviços Penitenciários de Israel (IPS, na sigla em inglês) continuam a ignorar a necessidade de tratamento médico do prisioneiro palestino Iyad Haribat, afirmaram grupos de direitos humanos.

Haribat, de 39 anos, foi detido em 2002 e condenado à prisão perpétua, tendo sido deliberadamente negado tratamento médico adequado para sua retenção urinária. Ele também sofre de uma doença neurológica que o faz tremer de vez em quando, afetando sua capacidade de se mover normalmente.

De acordo com o Clube dos Prisioneiros Palestinos, Haribat precisa de cirurgias urgentes e cuidados extensivos para seus ferimentos.

“A decisão do IPS de transferir o prisioneiro Iyad Hraibat para a clínica da Penitenciária de Al Ramla é um crime contra ele”, disse a organização.

A Comissão para Assuntos de Detidos e Ex-prisioneiros disse que Haribat “não consegue ficar de pé e os médicos israelenses o colocaram com uma bolsa de colostomia e um cateter, e ele precisa urgentemente de acompanhamento médico contínuo de sua condição”.

LEIA: Prisioneiro palestino recapturado encerra greve de fome

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments