Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

O Irã continuará apoiando o Líbano com embarques de combustível

O primeiro lote de óleo combustível iraniano chega à cidade de Baalbek, no leste do Líbano, em 16 de setembro de 2021 [Sleiman Amhaz/Agência Anadolu]

O Irã pretende continuar a enviar produtos de combustível para o Líbano no futuro e espera que um acordo bilateral possa ser fechado para esse fim, disse o ministro iraniano das Relações Exteriores, Hossein Amirabdollahian, durante uma visita a Beirute hoje.

O grupo xiita libanês Hezbollah, apoiado pelo Irã, tem coordenado os embarques de combustível iraniano para o Líbano desde agosto, enquanto a escassez se espalha em meio a um colapso econômico, apesar das sanções dos EUA sobre as vendas de petróleo iraniano.

O primeiro-ministro libanês, Najib Mikati, disse que os carregamentos iranianos constituem uma violação da soberania de seu país.

“A qualquer momento, se o governo libanês pedir ao Irã formalmente no contexto de seus laços fraternos […], o Irã está pronto para enviar produtos de combustível”, disse Amirabdollahian em uma entrevista coletiva.

LEIA: Irã está pronto para construir duas usinas de energia no Líbano

Amirabdollahian manteve conversações com Mikati e o presidente do Líbano ontem.

O Irã envia os carregamentos de óleo combustível organizados pelo Hezbollah para o porto de Baniyas, na Síria, e de lá são transportados por caminhão para o Líbano. A Síria também está sob sanções dos EUA.

A mudança em agosto para fornecer combustível para o Líbano, em um momento em que a escassez severa estava atrapalhando a vida diária, marcou uma expansão do papel do Hezbollah no Líbano.

Amirabdollanhian disse que esperava que o Líbano obtivesse uma renúncia às sanções a fim de ter mais cooperação com o Irã.

Categorias
IrãLíbanoNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments