Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Argélia critica decisão da França de restringir vistos para seus cidadãos

Policiais franceses operam no aeroporto de Orly, perto de Paris, França em 18 de março de 2017 [Agência Mustafa Yalçın / Anadolu]

O Ministério das Relações Exteriores da Argélia disse ontem que “deplora” a decisão das autoridades francesas de reduzir o número de vistos concedidos aos seus cidadãos, na véspera do debate sobre a imigração.

Em declarações, o enviado do Ministério das Relações Exteriores ao Magreb e ao Saara Ocidental, Amar Belani, disse: “Tomamos nota desta decisão inadequada, que deploramos”, é uma “decisão unilateral”.

“A infeliz decisão veio depois que uma delegação argelina viajou a Paris com o objetivo de fortalecer a cooperação na gestão da migração irregular entre os dois países.”

Ontem, o governo francês anunciou que iria tornar mais rígidos os requisitos de visto para cidadãos da Argélia, Marrocos e Tunísia.

Paris justificou sua mudança alegando que esses países se recusaram a emitir as autorizações consulares necessárias para o retorno de migrantes irregulares da França.

De acordo com a mídia francesa, 7.731 ordens de deportação foram emitidas contra cidadãos argelinos entre janeiro e julho de 2021, 597 dos quais foram presos, enquanto as autoridades argelinas assinaram autorizações consulares para o retorno de 31.

Em dezembro passado, o ministro do Interior francês, Gerald Darmanin, afirmou que foi o presidente Emmanuel Macron quem decidiu reduzir os vistos concedidos aos argelinos em 2019 para conter o fluxo de imigração irregular.

De acordo com dados oficiais do Consulado Geral da França na Argélia, dos 504 mil pedidos de visto em 2019, 274 mil foram aprovados.

De acordo com os mesmos dados, os três consulados franceses na Argélia concederam 412 mil vistos em 2018, enquanto o número de pedidos ultrapassou meio milhão.

LEIA: Macron da França pede ‘perdão’ a veteranos da Argélia

Categorias
ÁfricaArgéliaEuropa & RússiaFrançaNotícia
Show Comments
Show Comments