Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Rússia conclui busca por restos de soldados israelenses em Yarmouk, Síria

Zachary Baumel, Zvi Feldman e Yehuda Katz [Facebook]

Tropas russas concluíram suas operações de busca pelos corpos de dois soldados israelenses desaparecidos desde 1982, em um cemitério perto do campo de refugiados palestinos de Yarmouk, nos subúrbios de Damasco, capital da Síria.

Em comunicado compartilhado nas redes sociais, o Grupo de Ação para os Palestinos da Síria (ActionPal) observou que os residentes do campo ainda não têm acesso ao cemitério da comunidade, designado zona militar pelo regime de Bashar al-Assad.

Os dois soldados israelenses — Tzvi Feldman e Yehuda Katz — desapareceram em 1982, junto de Zachary Baumel, cujos restos foram devolvidos a Israel em 2019.

LEIA: Rússia busca restos de dois israelenses desaparecidos na Síria, em 1982

Ativistas de direitos humanos denunciaram diversos crimes de guerra perpetrados pelas forças russas, ao exumar e dessacrar dezenas de corpos enterrados no local. “É ilegal exumar túmulos sem permissão por escrito dos familiares”, reiterou a nota.

O comunicado observou ainda que redes de imprensa dos Estados Unidos revelaram recentemente que forças russas transferiram os restos de mais de dez pessoas de Yarmouk a um laboratório forense em Israel, para confirmar suas identidades.

De acordo com as informações, um porta-voz do exército israelense ratificou que os corpos não-identificados são provavelmente de refugiados palestinos e “serão enterrados em túmulos anônimos, em uma localidade não-revelada”.

Categorias
Estados UnidosEuropa & RússiaIsraelNotíciaOriente MédioRússiaSíria
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments