Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Primeiro-ministro designado do Líbano nega planos de viajar sem formar governo

Primeiro-ministro Najib Mikati fala à imprensa após sua reunião com o presidente do Líbano, Michel Aoun no Baabda Palace em Beirute, Líbano em 26 de julho de 2021 [Presidência Libanesa / Agência Anadolu]

“O primeiro-ministro designado, Najib Mikati, nega as notícias que circularam recentemente sobre sua intenção de viajar a um dos países árabes para avaliar as perspectivas (sobre a formação de um governo no Líbano), após o que tomará sua decisão final”, informou em nota sua assessoria de imprensa de ontem.

“O primeiro-ministro designado afirma que tais notícias são totalmente infundadas e que ele está permanecendo no Líbano e continua seus esforços para formar um governo,” diz o texto.

Em 26 de julho, Mikati foi designado para formar o novo governo depois de receber 72 votos durante as consultas parlamentares conduzidas pelo Presidente Michel Aoun.

No entanto, desde sua designação, as consultas entre Mikati e Aoun não produziram resultados e um novo gabinete não foi anunciado.

LEIA: Formação de governo do Líbano desacelera novamente

Os políticos libaneses não chegaram a um acordo sobre o governo, embora a moeda tenha perdido mais de 90% de seu valor e mais da metade dos libaneses tenha caído na pobreza.

O Banco Mundial diz que é um dos piores colapsos já registrados. Suas causas profundas incluem décadas de corrupção no governo e a forma insustentável de financiamento do estado.

O Líbano é uma longa história de desastre e crise - Charge [Sabaaneh / Monitor do Oriente Mèdio]

O Líbano é uma longa história de desastre e crise – Charge [Sabaaneh / Monitor do Oriente Mèdio]

Categorias
LíbanoNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments