Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Comitê Central de Daraa anuncia o fracasso das negociações com o regime sírio

Soldados do governo sírio em Daraa, Síria, em 7 de julho de 2018 [YOUSSEF KARWASHAN/AFP/Getty Images\

O Comitê Central em Daraa, sudoeste da Síria, anunciou no domingo o fracasso das negociações com o comitê de segurança do regime sírio, citando a intransigência deste último, informou a mídia local.

O comitê, composto de ex-rebeldes e da oposição civil local, disse que as discussões fracassaram devido à intransigência do regime: “Intransigência, falta de resposta às propostas russas, imposição contínua de condições duras e desrespeito ao cessar-fogo”.

Um líder em Daraa confirmou que a Quarta Divisão do regime sírio havia bombardeado repetidamente o bairro de Daraa Al-Balad, tentando invadi-lo a partir de mais de um eixo.

“O regime sírio vem impondo um cerco a Daraa Al-Balad há 70 dias, durante os quais as forças do regime não pararam de bombardear”, acrescentou ele.

Em 29 de julho, as forças de Assad e as milícias apoiadas pelo Irã lançaram uma operação terrestre no bairro de Daraa Al-Balad, desencadeando confrontos que se espalharam por todo o campo.

LEIA: Oposição síria deixa Daraa sob trégua com Rússia e regime

Daraa Al-Balad foi bloqueada pelas forças do regime em 25 de junho, após residentes, incluindo ex-membros da oposição síria, terem resistido a uma ordem para entregar suas armas leves e permitir que as forças do regime revistassem casas na área.

No sábado, o comitê de segurança do regime sírio propôs que a polícia militar russa, juntamente com membros da Diretoria de Inteligência Militar, entrasse nos bairros sitiados da cidade para permitir que os rebeldes entregassem suas armas.

Na sexta-feira, a Anistia Internacional pediu ao regime sírio que permitisse imediatamente a entrada de ajuda humanitária na área controlada pela oposição no sul de Daraa, sitiada pelas forças do regime.

As Nações Unidas alertaram sobre a escassez de alimentos em Daraa Al-Balad, controlada pela oposição, que está cercada por combatentes do regime que procuram recuperar o controle da área.

Categorias
NotíciaOriente MédioSíria
Show Comments
Show Comments