Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Argélia pretende dispensar Marrocos para transportar gás à Espanha

Delegação estrangeira visita usina de tratamento de gás de Krechba, no sul da Argélia, em 14 de dezembro de 2008 [STR/AFP via Getty Images]

Autoridades argelinas planejam transportar seu gás natural diretamente à Espanha, via empresa MEDGAS, e dispensar assim os gasodutos que atravessam o território marroquino.

Durante reunião com o embaixador espanhol no país norte-africano, Fernando Moran Calvo Sotelo, o Ministro de Minas e Energias da Argélia Mohamed Arkab destacou o compromisso de seu país em assegurar a entrega de gás natural à Espanha via MEDGAS.

O ministro enfatizou as “excelentes relações” entre os países no campo energético e reafirmou a disposição argelina de expandir a parceria em benefício mútuo.

LEIA: Argélia militariza fronteira com Marrocos e considera fechar espaço aéreo

Ambos debateram a cooperação entre Argel e Madrid no setor de energia, sobretudo o fornecimento de gás natural ao mercado espanhol. Arkab também observou a capacidade de seu país de atender à crescente demanda na Europa.

Nesta semana, relatos surgiram de que o Marrocos pretendia manter as operações de seu gasoduto Magreb-Europa, cujo contrato expira em 31 de outubro.

Ao permitir a passagem de gás argelino via seu território, Rabat recebe cerca de 0.5 bilhões de metros cúbicos do produto, equivalente a metade do consumo nacional.

Caso o acordo não seja renovado e Argel decida não exportar gás natural ao estado vizinho, a monarquia terá de importar insumos de campos mais distantes, a custo maior.

Categorias
ÁfricaArgéliaEspanhaEuropa & RússiaMarrocosNotícia
Show Comments
Show Comments