Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Eu e o Brasil, oitavo episódio: Dom Damaskinos e o florescimento da comunidade ortodoxa antioquina brasileira

A formação teológica do atual arcebispo metropolitano de São Paulo e todo o Brasil, Dom Damaskinos Mansour, atravessou conflitos e deslocamentos.

A formação teológica do atual arcebispo metropolitano de São Paulo e todo o Brasil, Dom Damaskinos Mansour, atravessou conflitos e deslocamentos. Nascido em Damasco, precisou partir com os alunos para a Grécia durante a guerra do Líbano, estudando também arte e música bizantina, até retornar em 1980. No Brasil, foi bispo auxiliar e finalmente nomeado arcebispo, abraçando uma história de integração e amor da comunidade ortodoxa antioquina pelo Brasil. Aqui, ele assegura, nenhum imigrante se sente estrangeiro.

O líder religioso protagoniza o oitavo episódio da série Eu e o Brasil, relembrando momentos como a vinda do patriarca ortodoxo ao país em 1986 e suas palavras enfatizando que a comunidade antioquina brasileira, com cinco milhões de pessoas à época, era cerca três vezes maior do que no Líbano e Síria juntos, onde não chegava a dois mil.  As contribuições da comunidade em importantes hospitais, clubes e obras sociais são lembrados com orgulho por Dom Damasquino.

Ele também nos leva ao interior da Catedral Ortodoxa Anquioquina de São Paulo inspirada na arquitetura da Aya Sofia, de Istambul, construída em 1939 e guardando o sino da primeira igreja erguida na Rua 25 de março e datado de 1904.

O lançamento do oitavo episódio de Eu e o Brasil está programado para o sábado (28), às 19h, pelos canais do Monitor do Oriente.

ASSISTA: Eu e o Brasil, quinto episódio: Moustafa El-Guindy, desde os tempos em que a Unicamp era chamada UEC

Categorias
Eu e o BrasilLíbanoOriente MédioSíriaVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments