Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

70% dos iemenitas estão sob risco de fome, alerta Banco Mundial

A mãe segura seu filho sob tratamento contra a desnutrição, no hospital-maternidade de al-Sabeen, em Sanaa, capital do Iêmen, 13 de fevereiro de 2021 [Mohammed Hamoud/Agência Anadolu]

Cerca de 70% dos iemenitas estão sob risco de fome, reportou ontem (3) o Banco Mundial, à medida que o produto interno bruto (PIB) do país caiu pela metade desde 2015.

“Os seis anos de conflito no Iêmen deixaram ao menos 24.1 milhões de pessoas sob necessidade de ajuda humanitária, incluindo 12.3 milhões de crianças e 3.7 milhões de deslocados internos”, declarou a entidade financeira em seu website.

“Aproximadamente 70% da população está sob risco de fome em um país que já está entre os mais afetados pela insegurança alimentar em todo o mundo”, prosseguiu.

“O conflito destruiu a economia nacional, ao passo que o PIB desabou pela metade desde 2015, levando mais de 80% da população abaixo da linha da pobreza”.

Segundo o novo relatório, o preço dos alimentos subiu devido a confrontos próximos a portos, suspensão de importações e subsequente carência de suprimentos, além da desvalorização do riyal iemenita, que mal excede um terço de seu valor de 2015.

As Nações Unidas estimam mais de 233 mil mortos e milhões de deslocados pela guerra no Iêmen, que levou à pior crise humanitária do mundo.

LEIA: Educação de 6 milhões de crianças no Iêmen está em risco, alerta Unicef

Categorias
Banco MundialIêmenNotíciaONUOrganizações InternacionaisOriente Médio
Show Comments
Show Comments