Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Menino de 12 anos se torna a 77ª criança morta por Israel este ano

O menino palestino Mohammed Al-Allami [m7mdkurd/Twitter]
O menino palestino Mohammed Al-Allami [m7mdkurd/Twitter]

Mohammed Al-Allami, um menino de 12 anos, foi morto a tiros pelas forças de ocupação israelenses na cidade de Beit Ummar, perto de Hebron, na Cisjordânia ocupada. Ele se tornou a 77ª criança palestina morta pelas forças israelenses em 2021.

Al-Allami foi baleado no peito quando um soldado disparou contra um carro dirigido por seu pai na entrada de Beit Ummar, disse ontem o Ministério da Saúde palestino em um comunicado.

Nasri Sabarneh, o prefeito de Beit Ummar, disse que o pai de Mohammed dirigia com ele e sua irmã quando Mohammed lhe pediu para parar em uma loja para comprar algo.

Segundo Sabarneh, o pai fez uma inversão de marcha, e as tropas israelenses próximas começaram a gritar com ele para parar. Um soldado então abriu fogo no veículo, atirando no peito de Mohammed.

Ele foi levado apressadamente ao hospital Ahli em Hebron, onde relataram que estava em estado crítico. Ele foi declarado morto hoje.

Não há relatos de que o pai e a filha tenham sido feridos.

Al-Allami é a segunda criança palestina a morrer de ferimentos sofridos por arma de fogo  israelense em cinco dias.

No sábado, o palestino Mohammed Munir Al-Tamimi, de 17 anos, morreu no hospital depois de ter sido morto a tiros pelas forças israelenses durante um protesto na aldeia palestina de Beita.

LEIA: Nas Olímpiadas, a indústria da morte israelense e o sportwashing

Categorias
Notícia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments