Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Talibã captura travessia de fronteira com o Irã

Travessia de fronteira afegão-paquistanesa em Torkham, 5 de maio de 2021 [Abdul Majeed/AFP via Getty Images]

Combatentes do Talibã capturaram ontem (8) um distrito estratégico no oeste do Afeganistão, que inclui uma travessia de fronteira essencial com o Irã, alertaram oficiais de segurança do país assolado pela guerra, segundo informações da agência Reuters.

Na última semana, o Talibã avançou contra áreas de fronteira com cinco países — Irã, Tajiquistão, Turcomenistão, China e Paquistão —, à medida que as forças da intervenção estrangeira se retiram pouco a pouco, após duas décadas.

Confrontos entre combatentes do Talibã e forças do governo afegão ocorrem ainda na província de Balkh, norte do país, na fronteira com o Uzbequistão.

Duas fontes de segurança em condição de anonimato relataram à Reuters que a travessia de Islam Qala, na província de Herat, fronteira com o Irã, foi capturada pelo Talibã e que oficiais militares e aduaneiros tiveram de escapar ao território estrangeiro.

A emissora oficial iraniana para o público em árabe, Al Alalam TV, confirmou que soldados afegãos entraram no território da república islâmica em fuga do Talibã.

Tariq Arian, porta-voz do Ministério do Interior do Afeganistão, porém, negou os relatos e insistiu que a travessia de fronteira ainda está sob controle do governo.

LEIA: Turquia e Estados Unidos realizam reunião sobre o aeroporto de Cabul

O governador da província e a polícia local não responderam aos apelos por esclarecimentos da agência Reuters, até então.

Outro oficial de segurança afirmou que combatentes do Talibã se apoderaram de ao menos cinco distritos de Herat sem qualquer combate.

Nesta semana, mais de mil soldados afegãos fugiram ao Tajiquistão após o Talibã invadir e tomar a província setentrional de Badaquistão, fronteira com a China e o Paquistão.

Nesta quinta-feira (8), o Ministério da Defesa alegou que forças do governo reaveram controle de Qala-e Naw, capital da província ocidental de Badghis, capturada no dia anterior.

Centenas de tropas foram enviadas à região, informou o ministério, ao acrescentar que há ainda combates em curso na periferia da cidade, onde insurgentes adentraram em edifícios públicos de caráter estratégico, incluindo a sede da polícia local.

“A cidade está absolutamente sob nosso controle e conduzimos operações contra o Talibã na região dos subúrbios”, declarou Fawad Aman, porta-voz do Ministério da Defesa.

O ministério também reportou que 69 combatentes do Talibã foram mortos nas operações em Qala-e Naw — que representa a primeira capital provincial invadida pela última ofensiva.

O resto da província de Badghis permanece nas mãos do Talibã. Militares da coalizão estrangeira confirmaram que o Talibã detém mais de cem distritos no Afeganistão.

Shahabuddin Delawar, representante do Talibã em visita a Moscou, nesta sexta-feira (9), proclamou que o grupo controla atualmente 85% do território afegão.

Categorias
AfeganistãoÁsia & AméricasChinaEuropa & RússiaIrãNotíciaOriente MédioPaquistãoRússiaTajiquistãoTurcomenistãoUzbequistão
Show Comments
Show Comments