Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Tunisiana é eliminada do Wimbledon após ser a primeira mulher árabe a chegar às quartas de final

Ons Jabeur da Tunisia em uma partida de Wimbledon em Londres, Reino Unido, em 6 de julho de 2021 - Wimbledon 2021 [Clive Brunskill/Getty Images)
Ons Jabeur da Tunisia em uma partida de Wimbledon em Londres, Reino Unido, em 6 de julho de 2021 - Wimbledon 2021 [Clive Brunskill/Getty Images)

Ons Jabeur estabeleceu uma nova meta para homens e mulheres árabes depois de chegar às quartas de final em Wimbledon este ano.

Ela enfrentou a cabeça de chave, Aryna Sabalenka, ontem. A bielorrussa, no entanto, acabou com os sonhos de sua concorrente tunisiana de progredir no campeonato de tênis, vencendo por 6-4, 6-3. A competição de ontem no Centre Court marcou a segunda participação de Jabeur nas quartas-de-final do Grand Slam, após o Australian Open de 2020.

Jabeur, cabeça de chave número 21 da Tunísia, se recuperou de quatro derrotas consecutivas no jogo de abertura, vencendo Iga Swiatek, campeã do French Open de 2020, na partida das oitavas-de-final de segunda-feira.

Ela se tornou a primeira jogadora árabe, homem ou mulher, a chegar entre as oito últimas no All England Club desde 1974.

Por ter conquistado uma vitória histórica para seu país, Jabeur manteve suas comemorações com vários torcedores, balançando a bandeira tunisiana na linha lateral.

“Os tunisianos estão em toda parte, devo dizer”, disse Jabeur. “Eles, na verdade, cantavam uma música de futebol. Eu senti a necessidade de também cantar com eles”.

LEIA: Jabeur da Tunísia se torna primeira mulher árabe a chegar às oitavas de final de Roland Garros

Categorias
ÁfricaEuropa & RússiaNotíciaReino UnidoTunísia
Show Comments
Show Comments