Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Forças de Israel matam três, incluindo dois oficiais de segurança da Autoridade Palestina em Jenin

Palestinos choram no funeral do tenente Adham Elewi, morto a tiros por forças israelenses na Cisjordânia, em 10 de junho de 2021 [Nedal Eshtayah/Agência Anadolu]

As forças de ocupação israelenses mataram a tiros pelo menos três palestinos, incluindo dois oficiais de inteligência da Autoridade Palestina (AP), em um ataque antes do amanhecer na cidade de Jenin, na Cisjordânia ocupada, disseram hoje as autoridades palestinas.

De acordo com a declaração do Ministério da Saúde, Adham Yasser Eleiwi, 23, e Tayseer Ayasa, 32, que são membros da força de Inteligência Militar da AP, foram mortos durante uma invasão israelense na cidade de Jenin em busca de palestinos procurados, um dos quais também foi morto no tiroteio. A terceira vítima palestina foi nomeada como Jamil Al-Amouri.

Outro oficial palestino, Muhammad Al-Bazour, 23, foi gravemente ferido durante a missão secreta israelense e foi transferido para um hospital israelense, de acordo com a agência de notícias Wafa.

Reportando da ocupada Jerusalém Oriental, o jornalista Harry Fawcett disse que o incidente foi “uma operação secreta em um veículo civil”, informou a Al Jazeera.

Em conversa com a agência de notícias chinesa Xinhua, Akram Rajoub, governador de Jenin, disse que o que aconteceu na cidade “é um claro ataque israelense à Autoridade Palestina e seus aparatos de segurança”, acrescentando que “esses crimes devem parar imediatamente”.

LEIA: Israel mostra suas verdadeiras cores

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments