Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Ator britânico Idris Elba denuncia massacre na Palestina

Idris Elba durante evento de apresentação do filme ‘Turn Up Charlie’, produção do Netflix, no Centro de Design do Pacífico, em Hollywood, Califórnia, 2 de março de 2019 [Emma McIntyre/Getty Images]
Idris Elba durante evento de apresentação do filme ‘Turn Up Charlie’, produção do Netflix, no Centro de Design do Pacífico, em Hollywood, Califórnia, 2 de março de 2019 [Emma McIntyre/Getty Images]

O ator britânico Idris Elba condenou o massacre em curso na Faixa de Gaza, conduzido por ataques aéreos intensivos de Israel.

No Instagram, Elba exortou as potências globais a intervir para evitar mais mortes.

“Vidas demais são perdidas neste instante para que não estejam no primeiro plano de nossa consciência”, observou. “Foi a brutalidade e o massacre que me fizeram levantar a questão. Isso deve acabar! É preciso intervir antes que mais pessoas morram”.

Ator britânico Idris Elba denuncia massacre na Palestina

Prosseguiu: “Sabemos o poder do povo para a mudança e devemos denunciar em nome da paz, em nome daqueles que já perderam suas vidas. BASTA do massacre na Palestina!”

Elba junta-se a Roger Water, Bella Hadid, John Cusack, Mark Ruffalo, entre outros, que compartilharam denúncias sobre a agressão israelense contra palestinos em Gaza e Jerusalém — sobretudo na Mesquita de Al-Aqsa e no bairro de Sheikh Jarrah.

Desde 10 de maio, Israel mantém uma campanha aérea contra Gaza sitiada. Segundo autoridades de saúde locais, 221 palestinos morreram, incluindo 63 crianças, 35 mulheres e 15 idoso, além de mais de 1.400 feridos. Doze israelenses faleceram.

LEIA: Celebridades em solidariedade a Sheikh Jarrah

Categorias
Europa & RússiaIsraelNotíciaOriente MédioPalestinaReino Unido
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments