Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

América Latina tem várias manifestações pelo povo palestino

Carreata em solidariedade ao povo palestino nos 72 anos da Nakba, em São Paulo, 15 de maio 2021 [Foto Lina Bakr]
Carreata em solidariedade ao povo palestino nos 72 anos da Nakba, em São Paulo, 15 de maio 2021 [Foto Lina Bakr]

Nos últimos dias vários países do mundo se manifestaram em solidariedade ao povo palestino. O Brasil teve atos em defesa ao povo palestino em sete capitais; Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Manaus, Curitiba e Recife. Argentina, Chile e México também manifestaram sua solidariedade nas ruas.

A manifestação pacífica em solidariedade ao povo palestino foi reprimida pelas forças armadas do Chile, país que tem a principal comunidade palestina fora do Oriente Médio. A população se reuniu com bandeiras palestinas na emblemática Praça da Dignidade, em Santiago.

LEIA: Protesto pelo fim do massacre palestino reúne centenas em São Paulo

Na Argentina, manifestantes se reuniram na sexta-feira (14) em frente ao Ministério das Relações Exteriores, onde uma delegação do Comitê Argentino de Solidariedade com o Povo Palestino foi recebida pelo funcionário encarregado da África e do Oriente Médio, segundo o Resumen Latinoamericano. Entregaram a ele uma petição detalhando a grave situação na Palestina ocupada, as provocações em Jerusalém, onde o exército reprimiu os palestinos que queriam rezar na Mesquita de Al Aqsa, os despejos de casas a serem entregues aos colonos judeus e a atual escalada contra Gaza e a Cisjordânia, que já custou centenas de mortos e feridos, muitos deles crianças. Em seguida, houve intervenções artísticas e vários discursos em que as pessoas denunciaram os crimes cometidos por Israel e exigiram um posicionamento do governo argentino. Outra manifestação está programada para o dia 17, às 13 horas, em frente à embaixada de Israel em Buenos Aires.

No México, a população mostrou solidariedade pela Palestina no Monumento a la Revolución, na Praça da República, Cidade do México.

No Brasil, os atos aconteceram no sábado (15), data que marca os 72 anos da Nakba, catástrofe palestina, que tem a sua continuidade agora com a expulsão forçada da população árabe de Sheikh Jarrah, bairro de Jerusalém Oriental. As manifestações tiveram a participação da comunidade árabe, coletivos, entidades e partidos. O ato em Porto Alegre contou com a participação do deputado federal Paulo Pimenta, do PT, e do militante Pedro Ruas, do PSOL.

No Paraná, os manifestantes acenderam velas aos palestinos mortos nos recentes ataques à Gaza e Jerusalém. A vereadora de Curitiba pelo PT, Professora Josete, participou da manifestação.

Também tiveram atos em São Paulo, Rio de Janeiro, Manaus, Brasília e Recife.

O chargista brasileiro Carlos Latuff publicou fotos em que algumas de suas charges foram usadas em manifestações na Alemanha e Holanda.

 

Categorias
América LatinaArgentinaÁsia & AméricasBrasilChileIsraelMéxicoNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments