Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Presidente cubano condena a violação dos direitos do povo palestino

Bombardeio por aviões de guerra israelenses perto de civis na Faixa de Gaza em 13 de maio de 2021 [Hassan Jedi / Agência Anadolu]
Bombardeio por aviões de guerra israelenses perto de civis na Faixa de Gaza em 13 de maio de 2021 [Hassan Jedi / Agência Anadolu]

O presidente cubano Miguel Díaz-Canel condenou a violação dos direitos humanos por Israel na Palestina e pediu a suspensão imediata do ataque à Faixa de Gaza.

Em sua conta no Twitter , ele disse hoje(14) que a barbárie sionista e o manto de impunidade que os Estados Unidos expuseram a respeito desses crimes com seu apoio ao regime israelense insultam o mundo.

LEIA: Organizações da América Latina pedem sanções para acabar com apartheid israelense

O presidente cubano também anexou seu tweet com fotos mostrando os aviões israelenses bombardeando a cidade de Gaza, além da extensão da destruição causada por alguns desses ataques.

O chanceler cubano Bruno Rodriguez também disse antes em um tweet: “Cuba condena veementemente o bombardeio indiscriminado de Israel contra o povo palestino em Gaza.”

É importante destacar que os massacres da ocupação israelense na Faixa de Gaza continuam, e suas vítimas chegaram a 126 mártires, incluindo 31 crianças e 20 mulheres, além de 950 feridos até agora.

Categorias
CubaIsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments