Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel empurra Jerusalém para conflito religioso, diz Autoridade Palestina

Soldados israelenses são vistos entrando na Mesquita de Al-Aqsa em Jerusalém, com granada de atordoamento para expulsar muçulmanos durante a oração em 7 de maio de 2021 [Agência Mostafa Alkharouf / Anadolu]

A Autoridade Palestina (AP) alertou que Israel está pressionando por uma guerra religiosa na região por meio de seus ataques ao bairro Sheikh Jarrah de Jerusalém e à Mesquita Al-Aqsa.

Em nota, o Ministério de Relações Exteriores e Expatriados disse que as atividades da organização israelense Ateret Cohanim, conhecida por suas atividades de assentamento que visam roubar as propriedades dos palestinos, está convocando hoje a incursões em massa à mesquita de Al-Aqsa.

O governo de ocupação israelense, acrescentou o ministério, está oferecendo proteção aos membros da organização dos colonos e suas atividades contra os palestinos e, como resultado, está pressionando por uma guerra religiosa sem fim na região.

Concluindo a declaração, a AP disse que o governo de ocupação israelense é totalmente responsável pelas consequências da crescente agressão e violência em Jerusalém.

LEIA: Mesquita de Al-Aqsa foi novamente atacada como marco do Dia de Jerusalém

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Show Comments