Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Síria convida ‘estados amigáveis’ para observar as eleições presidenciais

Presidente da Síria Bashar al-Assad em Damasco, 11 de fevereiro de 2016 [Joseph Eid/AFP/Getty Images]
Presidente da Síria Bashar al-Assad em Damasco, 11 de fevereiro de 2016 [Joseph Eid/AFP/Getty Images]

A Assembleia Popular da Síria, autoridade legislativa do país árabe, concordou ontem (28) em convidar parlamentares árabes e estrangeiros “amigáveis” para observar as eleições presidenciais marcadas para maio, reportou a imprensa local.

A agência de notícias SANA destacou que os parlamentos da Rússia, Argélia, Omã, Mauritânia, Irã, Armênia, China, Venezuela, Cuba, Bielorrússia, África do Sul, Equador, Nicarágua e Bolívia foram convidados a monitorar o processo eleitoral.

O Presidente da Síria Bashar al-Assad recentemente reuniu-se com sua contraparte russa Vladimir Putin para informá-lo dos preparativos para as eleições.

Tanto Irã quanto Rússia confirmaram seu apoio à realização das eleições presidenciais na Síria, conforme a constituição do país.

A Síria é assolada pela guerra civil desde 2011, quando o regime de Assad reprimiu violentamente protestos por democracia.

LEIA: Além de Assad, 14 candidatos concorrem à presidência da Síria

Categorias
ÁfricaArgéliaArmêniaÁsia & AméricasBielorrússiaBolíviaCaribeChinaCubaEquadorEuropa & RússiaIrãMauritâniaNicaráguaNotíciaOriente MédioRússiaSíriaVenezuela
Show Comments
Show Comments