Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Presidente do Chade morre no fronte de batalha perto da Líbia

Presidente do Chade Idriss Deby, em 10 de fevereiro de 2020 [Mınasse Wondımu Haılu/Agência Anadolu]

O Presidente do Chade Idriss Deby faleceu na linha de frente de uma batalha contra insurgentes no norte do país, reportou um porta-voz militar nesta terça-feira (20), segundo informações da agência Reuters.

A morte de Deby, 68 anos, ocorreu apenas um dia após ser novamente declarado vitorioso das eleições presidenciais. O comandante chadiano chegou ao poder através de uma rebelião, em 1990, e tornou-se um dos mais longevos governantes do continente africano.

Seu comitê de campanha anunciou ontem que Deby juntou-se a tropas em combate contra supostos terroristas, após rebeldes atravessarem a fronteira norte com a Líbia e avançarem centenas de quilômetros em direção à capital N’Djamena, no sul do país.

A causa da morte permanece incerta.

Azem Bermendao Agouna, porta-voz do exército, anunciou a morte do presidente na televisão estatal, cercado por oficiais militares a quem referiu-se como Conselho Nacional de Transição. O filho de Deby, general Mahamat Kaka, foi nomeado interinamente chefe de estado.

“Um chamado ao diálogo e à paz é lançado agora a todos os chadianos no país e no exterior, para continuarmos a construir juntos nossa nação”, concluiu Agouna.

LEIA: Delegação israelense faz visita discreta ao Chade

Categorias
ÁfricaChadeLíbiaNotícia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments