Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Irã reporta incidente elétrico na usina nuclear de Natanz, sem baixas

Um problema na rede de distribuição elétrica atingiu o centro de pesquisa nuclear de Natanz, no Irã

Um problema na rede de distribuição elétrica atingiu o centro de pesquisa nuclear de Natanz, no Irã, neste domingo (11), reportou a televisão iraniana, um dia após Teerã iniciar as atividades de novas centrífugas de enriquecimento de urânio no local.

As informações são da agência Reuters.

A usina de Natanz, localizada na região árida da província central de Isfahan, é a principal instalação iraniana de enriquecimento de urânio, frequentemente monitorada por inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), sob diretrizes das Nações Unidas.

“O incidente não resultou em baixas ou contaminação”, reiterou Behrouz Kamalvandi, porta-voz da Organização de Energia Atômica do Irã. “Apenas a rede elétrica foi afetada em Natanz”.

LEIA: Irã está desenvolvendo arma nuclear, alega Netanyahu

A causa está sob investigação, confirmou Kamalvandi à agência de notícias iraniana Fars.

“Estamos cientes dos relatos da imprensa. Não temos qualquer comentário neste momento”, declarou um representante da agência da ONU, por email.

Em julho último, um incêndio deflagrou-se na usina de Natanz. Teerã incitou suspeitas de sabotagem estrangeira cometida contra seu programa nuclear.

Em 2010, foi descoberto também um ataque à mesma instalação pelo vírus de computador Stuxnet – segundo indícios, desenvolvido em Israel e Estados Unidos.

Desde o início do ano, Teerã e Washington tentam restaurar o acordo nuclear de 2015, assinado com potências globais, após o então presidente americano Donald Trump abandoná-lo unilateralmente e restituir duras sanções à república islâmica, há três anos.

Em resposta, o regime iraniano decidiu romper com diversas restrições determinadas pelo acordo. Ambas as nações expressaram rigor em suas condições para retomar o pleno cumprimento do pacto, durante conversas indiretas em Viena, na última semana.

Neste sábado (10), durante cerimônia do Dia Nacional de Tecnologia Nuclear do Irã, no qual inaugurou novas centrífugas avançadas em Natanz, o presidente Hassan Rouhani enfatizou o compromisso de seu país com a não proliferação atômica.

LEIA: Irã aumenta suas reservas de urânio enriquecido em até 20%

Categorias
AIEAIrãNotíciaOrganizações InternacionaisOriente MédioVídeos & Fotojornalismo
Show Comments
Show Comments