Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Abbas repreendeu o chefe do Shin Bet por interferir nas eleições palestinas

O presidente palestino Mahmoud Abbas participa de uma reunião do conselho executivo da Organização para a Libertação da Palestina (OLP) em Ramallah , Cisjordânia em 7 de maio de 2020 [Issam Rimawi/ Agência Anadolu]
O presidente palestino Mahmoud Abbas participa de uma reunião do conselho executivo da Organização para a Libertação da Palestina (OLP) em Ramallah , Cisjordânia em 7 de maio de 2020 [Issam Rimawi/ Agência Anadolu]

O presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, criticou a interferência do serviço de inteligência israelense nas próximas eleições parlamentares palestinas marcadas para maio, informou a emissora pública israelense KAN.

A repreensão teria ocorrido durante uma reunião entre Abbas e o chefe do Shin Bet Security, Nadav Argaman, realizada em Ramallah há duas semanas. Argaman, segundo a emissora, pediu a Abbas que cancelasse as próximas eleições para o parlamento palestino se o Hamas participasse.

De acordo com o KAN, Abbas criticou o pedido de Argaman, alegando que Israel é responsável pela força do grupo.

“Não trabalho para você. Decidirei se haverá uma eleição e com quem. Você construiu o Hamas, não eu”, disse Abbas a Argaman.

De acordo com o KAN, Abbas e Argaman também discutiram a investigação do Tribunal Penal Internacional sobre os crimes de guerra de Israel contra os palestinos.

“Por favor, no que me diz respeito, você e eu estamos sentados juntos na mesma cela de prisão”, disse Abbas.

LEIA: OLP diz não às eleições sem Jerusalém

Categorias
Eleições PalestinasIsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments