Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Demolição de Al-Bustan por Israel é ‘perigosa’, adverte Conselho de Fatwa

Bandeira erguida em manifestação de ativistas de esquerda, palestinos e israelenses contra o plano do Município de Jerusalém de demolir 22 casas árabes na área de Al-Bustan de Jerusalém Oriental em 25 de junho de 2010 [Gali Tibbon/ AFP via Getty Images]
Bandeira erguida em manifestação de ativistas de esquerda, palestinos e israelenses contra o plano do Município de Jerusalém de demolir 22 casas árabes na área de Al-Bustan de Jerusalém Oriental em 25 de junho de 2010 [Gali Tibbon/ AFP via Getty Images]

O Supremo Conselho Palestino de Fatwa alertou no domingo para as consequências da demolição israelense do subúrbio de Al-Bustan, no bairro de Silwan, em Jerusalém, informou a agência de notícias Sama.

Após uma reunião liderada pelo Grande Mufti de Jerusalém, Muhammad Hussein, o conselho anunciou que esta demolição está levando ao deslocamento de dezenas de famílias palestinas com o objetivo de construir instalações judaicas.

“Este é um precedente perigoso na história de Jerusalém”, afirmou uma declaração do Conselho Fatwa, acrescentando: “É o início de uma abordagem que inclui a demolição de bairros inteiros e a deportação coletiva.”

Segundo o conselho: “Esta medida, que visa expulsar os indígenas de suas terras, é um plano para evacuar a parte sul da mesquita de Al-Aqsa para garantir que não haja escudo humano para proteger a mesquita.”

No comunicado, o conselho disse que as autoridades de ocupação israelenses também têm como alvo os cemitérios palestinos na área, junto com as casas palestinas.

“Esta medida coincide com escaladas provocativas por parte dos colonos judeus israelenses que praticam a profanação diária do local sagrado muçulmano”, confirmou o comunicado.

O mufti também alertou sobre o uso da pandemia por Israel para intensificar seus planos de judaização e esforços para minar as fundações da mesquita de Al-Aqsa.

O mufti condenou a demolição israelense da aldeia Al-Mayta, no norte do Vale do Jordão ocupado, como uma forma de agressão israelense às terras palestinas.

LEIA: Israel prende uma mãe palestina e seu filho de doze anos em Jerusalém

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments