Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Atores sírios atuam para destacar a dor dos prisioneiros

Atores de teatro sírios fazem uma peça sobre pessoas inocentes mantidas nas prisões do regime de Assad em um centro cultural em Idlib, Síria, em 27 de março de 2021 [Muhammed Said / Agência Anadolu]
Atores de teatro sírios fazem uma peça sobre pessoas inocentes mantidas nas prisões do regime de Assad em um centro cultural em Idlib, Síria, em 27 de março de 2021 [Muhammed Said / Agência Anadolu]

Atores sírios na província de Idlib, controlada pelos rebeldes, estão usando seu talento para destacar a dor e o sofrimento sofridos por centenas de seus concidadãos detidos nas prisões do regime, informou a agência de notícias Anadolu. O projeto em questão faz parte de uma iniciativa para ajudar a libertar os detidos.

O ator Zakaria Saflo disse a Anadolu que ele e seus colegas continuarão a se concentrar na questão dos detidos até que o último seja libertado das prisões do regime.

O diretor de teatro Ibrahim Sarmini disse que estão sendo encenadas peças que esclarecem o estado psicológico dos presos. Ele explicou que as apresentações revelam alguns dos métodos de tortura usados ​​pela máquina de matar do regime. No entanto, ele foi rápido em apontar que nenhuma apresentação teatral pode retratar completamente a dor e o sofrimento sofridos pelos detidos nas prisões de Bashar Al-Assad.

Os atores começaram os preparativos para suas apresentações há seis meses. O primeiro show foi apresentado na noite de sábado.

De acordo com fontes da oposição síria, pelo menos 500 mil pessoas, incluindo mulheres, estão atualmente detidas nas prisões e centros de interrogatório do regime.

LEIA: Artista sírio pinta a dor de Idlib com areia

Categorias
NotíciaOriente MédioSíria
Show Comments
Show Comments