Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Líbia enfrenta verão com falta de água e energia

Enviado Especial das Nações Unidas para a Líbia, Jan Kubis, em Túnis, Tunísia, em 15 de fevereiro de 2021. [Presidência da Tunísia - Agência Anadolu]
Enviado Especial das Nações Unidas para a Líbia, Jan Kubis, em Túnis, Tunísia, em 15 de fevereiro de 2021. [Presidência da Tunísia - Agência Anadolu]

A Líbia enfrenta uma escassez “aguda” de eletricidade à medida que se prepara para enfrentar o disparo das temperaturas no verão, o enviado especial enviado especial das Nações Unidas, Jan Kubis,, alertou na quarta-feira. A informação é da agência Anadolu.

As ameaças são agravadas por riscos imediatos para o abastecimento de água do país do Norte da África, colocando em perigo a vida de milhões, Jan Kubis disse ao Conselho de Segurança.

“Mais de 4 milhões de pessoas, incluindo 1,5 milhão de crianças, podem enfrentar a falta de acesso à água potável e saneamento se soluções imediatas não forem encontradas e implementadas”, disse Kubis.

A Líbia tem sido assolada por conflitos desde que o presidente Muammar Qaddafi foi derrubado em 2011 em meio a uma revolta em massa apoiada por operações da OTAN. A guerra civil se seguiu à sua deposição e tem persistido por quase uma década.

A Líbia deve realizar eleições parlamentares e presidenciais em todo o país em dezembro, depois de adiamentos por três anos em meio a conflitos entre o governo ireconhecido pela ONU e as forças do general rebelde Khalifa Haftar.

Kubis exortou os parlamentares a aprovarem a legislação necessária até julho “no mais tardar” para que as eleições possam ser realizadas conforme planejado.

LEIA: Ataque fere 8 crianças em Benghazi, na Líbia

Categorias
ÁfricaLíbiaNotíciaONUOrganizações Internacionais
Show Comments
Show Comments