Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Sem progressos nas propostas para o Líbano, Macron quer nova abordagem

Presidente francês Emmanuel Macron visto no Palácio do Eliseu em Paris, França em 01 de fevereiro de 2021 [Julien Mattia / Agência Anadolu]
Presidente francês Emmanuel Macron visto no Palácio do Eliseu em Paris, França em 01 de fevereiro de 2021 [Julien Mattia / Agência Anadolu]

O presidente francês Emmanuel Macron disse na quinta-feira que pressionaria por uma nova abordagem no Líbano nas próximas semanas, já que os principais atores do país não fizeram nenhum progresso nos últimos sete meses para resolver a crise econômica e política, informou a Reuters.

Paris liderou os esforços internacionais para resgatar o ex-protetorado francês de sua crise mais profunda desde a guerra civil de 1975-1990, mas não conseguiu persuadir políticos em disputa a adotar um roteiro de reformas e formar um novo governo para destravar a ajuda internacional.

Os protestos cresceram desde que a moeda atingiu novas baixas, aprofundando a raiva pública sobre o colapso financeiro do Líbano.

“O tempo da prova de responsabilidade está chegando ao fim e haverá necessidade nas próximas semanas, de forma muito clara, de mudar a abordagem e os métodos porque não podemos deixar o povo libanês desde agosto passado na situação em que eles estão “, disse Macron.

Ele não deu outros detalhes.

Um diplomata francês disse na quarta-feira que os parceiros internacionais buscariam aumentar a pressão sobre os políticos do Líbano nos próximos meses, embora sanções contra indivíduos no mandato imediato não estivessem sendo planejadas.

LEIA: Banco Mundial, União Europeia e ONU aceitam enviar dólares ao Líbano

Categorias
Europa & RússiaFrançaLíbanoNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments