Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Kuwait registra maior perda anual de empregos em 30 anos

Trabalhadores imigrantes em fila em um centro de confinamento e testagem para covid-19, estabelecido pelo Ministério da Saúde do Kuwait na capital do país, em 15 de março de 2020 [Yasser al-Zayyat/AFP/Getty Images]
Trabalhadores imigrantes em fila em um centro de confinamento e testagem para covid-19, estabelecido pelo Ministério da Saúde do Kuwait na capital do país, em 15 de março de 2020 [Yasser al-Zayyat/AFP/Getty Images]

O número de vagas de emprego disponíveis no Kuwait caiu em 4.2% ao longo de 2020, recorde anual em quase trinta anos, devido às repercussões do coronavírus.

Segundo relatório divulgado ontem (22) pelo Banco Nacional do Kuwait (NBK), maior instituição financeira do país, o declínio refletiu-se na taxa modesta do crescimento da atividade empregatícia a cidadãos do país, além da grave queda em vagas reservadas a imigrantes.

O documento afirma que o setor público obteve bons números, com crescimento de 2.7%, em parte atribuído a esforços de nacionalização.

O Kuwait vivencia uma das suas piores crises econômicas, devido à pandemia e à queda global nos preços de petróleo, que representa a principal fonte de renda nacional, equivalente a mais de 90% dos recursos públicos.

O relatório monitorou queda de 5.2% na população do Kuwait em 2020, outro recorde em 30 anos, devido à notória diminuição no número de imigrantes, à medida que 130 mil estrangeiros deixaram o país neste período.

Um terço da população kuwaitiana tem menos de 15 anos de idade, o que destaca a importância na aceleração de programas de criação de emprego.

O documento previu ainda que o êxodo de trabalhadores estrangeiros deve manter seu ritmo diante das emendas à lei de residência, avanço das políticas de nacionalização e demissões em massa como contenção empresarial da crise econômica do coronavírus.

LEIA: Emir do Kuwait suspende sessões do parlamento por um mês

Categorias
KuwaitNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments