Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Anúncio saudita de emprego “sexista” gera polêmica

Mulheres esperam para pegar seus pedidos em um restaurante de shopping center na capital saudita, Riad, em 4 de junho de 2020, após a flexibilização de algumas restrições impostas pelas autoridades para conter a disseminação do novo coronavírus. [Fayez Nureçdome/ AFP via Getty Images]
Mulheres esperam para pegar seus pedidos em um restaurante de shopping center na capital saudita, Riad, em 4 de junho de 2020, após a flexibilização de algumas restrições impostas pelas autoridades para conter a disseminação do novo coronavírus. [Fayez Nureçdome/ AFP via Getty Images]

Uma ONG saudita postou o anúncio de emprego em sua conta no Twitter, informando que a posição de marketing estava aberta apenas para homens.

Uma usuária do Twitter enviou uma pergunta ao Ministério de Recursos Humanos sobre “essa discriminação entre mulheres e homens nas oportunidades de emprego”.

Em resposta oficial o Ministério de Recursos Humanos respondeu: “O anúncio viola o artigo III do sistema de trabalho.”

O site de notícias The New Khaleej , que divultou o fato ontem, disse que a ONG posteriormente excluiu o anúncio.

“O trabalho é um direito dos cidadãos … Os cidadãos têm direitos iguais de trabalhar, sem qualquer discriminação baseada no gênero … seja durante o trabalho ou nos anúncios de trabalho”, disse o ministério.

LEIA: ‘A Arábia Saudita baseou seu governo na repressão às mulheres’, diz Ghada Oueiss

Categorias
Arábia SauditaNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments