Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Esposa de coronel egípcio implora a Sisi por sua soltura

Coronel Ahmed Konsowa [Youtube/Ahmed Konsowa]
Coronel Ahmed Konsowa [Youtube/Ahmed Konsowa]

Rasha Safwat, esposa do coronel do exército Ahmed Konsowa, ex-postulante a concorrer à presidência do Egito, fez um apelo ao presidente e general Abdel Fattah el-Sisi para libertar seu marido da prisão, reportou no domingo (21) a Al Jazeera.

Konsowa, de 45 anos, anunciou sua intenção de candidatar-se à presidência contra Sisi em 2018, após afirmar ter submetido sua renúncia ao exército em 2014, porém, em vão.

Logo após divulgar suas ambições eleitorais, Konsowa foi preso e condenado por uma corte militar, acusado de expressar opiniões políticas enquanto oficial das forças armadas em exercício, relatou seu advogado, Asaad Heikal, à agência Reuters.

Sua esposa escreveu no Facebook: “Esperávamos que fosse libertado após cumprir metade de sua sentença, mas nada aconteceu”.

Safwat alegou ter contactado diversos oficiais do exército, mas ninguém ajudou. “Sei que, caso o presidente saiba de seu caso, não aceitará essa situação”, prosseguiu.

O advogado do coronel detido reiterou que, após passar metade da pena em regime fechado, Konsowa cumpre todas as condições para receber ordens de anistia. Contudo, nada foi sequer considerado pelas autoridades, até então.

LEIA: Egito prende primos de ex-preso político em nova tentativa de silenciá-lo

Categorias
ÁfricaEgitoNotícia
Show Comments
Show Comments