Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Piratas da Nigéria libertam reféns libaneses e egípcios

Marinha da Nigéria simula prisão de piratas em uma fragata francesa, durante exercício militar de cinco dias em parceria com o país europeu, a fim de combater atividades criminosas e aperfeiçoar estratégias em águas nigerianas, no Golfo da Guiné, 1° de novembro de 2019 [Pius Utomi Ekpei/AFP/Getty Images]
Marinha da Nigéria simula prisão de piratas em uma fragata francesa, durante exercício militar de cinco dias em parceria com o país europeu, a fim de combater atividades criminosas e aperfeiçoar estratégias em águas nigerianas, no Golfo da Guiné, 1° de novembro de 2019 [Pius Utomi Ekpei/AFP/Getty Images]

O Ministério de Relações Exteriores do Líbano anunciou ontem (21) a libertação de três cidadãos libaneses que foram sequestrados por piratas nigerianos na costa do país africano, em novembro.

A chancelaria afirmou em nota que foi informada sobre a novidade por seu embaixador na Nigéria, Houssam Diab. O diplomata relatou que os reféns estão em boa saúde e retornarão ao Líbano assim que sejam concluídos os procedimentos de repatriação.

Segundo o site de notícias libanês Elnashra, Diab informou ao Ministro de Relações Exteriores e Expatriados do governo provisório, Charbel Wahba, que os piratas libertaram três libaneses que constavam como membros da tripulação do navio de carga Milano 1.

Ahmad al-Kout, proprietário da embarcação, reportou ao jornal Youm7 que dez membros da tripulação foram libertados, incluindo dois cidadãos egípcios.

No início de dezembro, os piratas nigerianos exigiram US$1.3 milhões em troca dos reféns. Não há informações sobre o eventual pagamento do resgate em questão.

LEIA: Nigeria pirates demand $1.3m to release Lebanon, Egypt hostages

Categorias
ÁfricaEgitoLíbanoNigériaNotíciaOriente Médio
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments