Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Israel bloqueia acesso palestino a terras agrárias às vésperas da colheita de oliveiras

Homem palestino colhe azeitonas em uma fazenda, em 16 de outubro de 2017 [Atia Darwish/Apaimages]
Homem palestino colhe azeitonas em uma fazenda, em 16 de outubro de 2017 [Atia Darwish/Apaimages]

Nos últimos dias, Israel emitiu 63 ordens militares para fechar áreas e terras cultivadas com oliveiras palestinas, cobrindo um total de 3.000 dunams (3 km²) em toda a Cisjordânia ocupada, às vésperas da temporada de colheita de azeitonas.

As ordens levam a assinatura do comandante do exército da ocupação na Cisjordânia, datadas de 17 de setembro de 2020, sob título “Fechamento da área – impedir entrada e saída”. Foram anexadas a mapas e fotos aéreas das terras afetadas, a maioria com plantações de oliveiras.

Os termos das ordens militares deixam claro que o vigor da arbitrariedade terá prazo do momento da assinatura até o fim de 2020.

Relatório preparado pela Unidade de Sistemas de Informações Geográficas, no Centro de Pesquisa de Terras, registrou que as ordens atingem áreas cultivadas em Hebron (Al-Khalil), Belém, Ramallah e Nablus.

Segundo o documento, as ordens sugerem que as forças da ocupação israelense consideram tais terras palestinas como parte dos assentamentos ilegais na região.

LEIA: Gaza inicia a temporada das tâmaras

Categorias
IsraelNotíciaOriente MédioPalestina
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments