Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Netanyahu deverá encontrar-se líder do Sudão em Uganda, segundo relatos

Primeiro-Ministro de Israel Benjamin Netanyahu e Abdel Fattah al-Burhan, chefe do conselho soberano do Sudão, em 5 de fevereiro de 2020 [Agência Anadolu]
Primeiro-Ministro de Israel Benjamin Netanyahu e Abdel Fattah al-Burhan, chefe do conselho soberano do Sudão, em 5 de fevereiro de 2020 [Agência Anadolu]

O Primeiro-Ministro de Israel Benjamin Netanyahu e o general Abdel Fattah al-Burhan, chefe do conselho soberano do Sudão, estão previstos para se encontrarem em Uganda no futuro próximo, para debater relações bilaterais, segundo relatos da imprensa israelense.

Segundo a emissora israelense i24 News, fontes próximas ao conselho sudanês relataram que uma coletiva de imprensa será realizada no Salão Abbasi, a leste do Hospital de Zaytuna, em Cartum, amanhã (26), para anunciar a chamada Associação de Amizade Israelo-Sudanesa.

Al-Burhan recentemente visitou os Emirados Árabes Unidos, em ocasião na qual discutiu uma série de questões com oficiais dos Estados Unidos, incluindo “paz com Israel”.

Nesta quarta-feira (23), a representante especial dos Estados Unidos na ONU Kelly Craft alegou que outro país árabe seguirá o exemplo do Bahrein e Emirados Árabes Unidos dentro de dois dias, para normalizar laços com Israel.

LEIA: Sudão pede por apoio econômico para instituir laços com Israel, apontam relatos

Netanyahu e Al-Burhan encontraram-se mais cedo, neste ano, em Uganda, e concordaram em dar início ao processo de normalização.

Relatos de imprensa revelaram ainda que o Sudão solicitou sua remoção da lista de estados patrocinadores de terrorismo, além de ajuda econômica, em troca da normalização.

Diversos membros civis da coalizão de governo sudanês, incluindo o Partido Comunista e o Partido Nacional da Umma (comunidade islâmica), opõem-se veementemente à normalização das relações com a ocupação israelense.

Categorias
ÁfricaEAUIsraelNotíciaOriente MédioPalestinaSudão
Show Comments
Show Comments