Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Oito morrem de febre ‘desconhecida’ no Sudão, após enchentes

Pacientes em hospital de Cartum, Sudão, 10 de junho de 2019 [AFP/Getty Images]
Pacientes em hospital de Cartum, Sudão, 10 de junho de 2019 [AFP/Getty Images]

Oito pessoas morreram no Estado do Norte do Sudão de uma febre desconhecida, revelou o Ministério da Saúde do país.

Um comunicado oficial informa que “o ministério recebeu um relatório no sábado sobre 41 casos de febre no Estado do Norte, incluindo oito mortes” e que uma equipe médica foi enviada para investigar os casos e tentar identificar a doença que causou a febre mortal.

Prossegue: “Foram retiradas amostras para exames laboratoriais para confirmar o diagnóstico e fortalecer as intervenções de prevenção e controle da doença.”

Médicos sudaneses suspeitam que a causa esteja na contaminação de águas das inundações que tomaram grande parte do país, nas últimas semanas. A água estagnada pode causar surtos de doenças graves, como cólera, dengue ou malária.

Desde junho, 121 pessoas morreram no Sudão e 54 outras ficaram feridas como resultado das enchentes. Em 5 de setembro, o Conselho de Defesa e Segurança do Sudão designou o país como “área de desastre natural” e declarou estado de emergência de três meses em todo o território nacional.

LEIA: 730.000 pessoas foram gravemente afetadas pelas enchentes no Sudão, reporta ONU

Categorias
ÁfricaNotíciaSudão
Show Comments
Show Comments