Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Kuwait proíbe voos do Brasil e mais 30 países de ‘alto risco’

Passageiros chegam ao Aeroporto Internacional do Kuwait, em Farwaniya, Cidade do Kuwait, em 1º de agosto de 2020 [Yasser Al-Zayyat/AFP via Getty Images]
Passageiros chegam ao Aeroporto Internacional do Kuwait, em Farwaniya, Cidade do Kuwait, em 1º de agosto de 2020 [Yasser Al-Zayyat/AFP via Getty Images]

O Kuwait proibiu, até nova ordem, vôos comerciais de 31 países, incluindo do Brasil, considerados de alto risco devido à disseminação do coronavírus, conforme declarou disse a Direção Geral de Aviação Civil neste sábado (1º).

A lista também inclui China, Irã, México, Itália e Iraque e países com grande número de de expatriados no Kuwait, como vivendo Índia, Paquistão, Egito, Filipinas, Líbano e Sri Lanka.

A proibição foi anunciada no mesmo dia em que o Kuwait iniciou uma retomada parcial dos vôos comerciais. As autoridades disseram que o Aeroporto Internacional do Kuwait funcionaria com cerca de 30% da capacidade a partir de sábado, aumentando gradualmente nos próximos meses.

O Kuwait, que registrou quase 67.000 casos de coronavírus e mais de 400 mortes, iniciou um plano de cinco fases no início de junho para suspender gradualmente as restrições impostas para conter a propagação do vírus. Um toque de recolher parcial continua sendo adotado.

Categorias
CoronavírusKuwaitNotíciaOriente Médio
Show Comments
Show Comments