Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Turquia diz que responderá a ataques em Idlib, na Síria

O ministro da Defesa da Turquia, Hulusi Akar (2º esq.), o chefe do Estado-Maior General Yasar Guler (esq.), comandante das Forças Armadas, general Umit Dundar (dir.) em visita à fronteira síria em Hatay, Turquia, em 21 de fevereiro de 2020. [ Arif Akdoğan - Agência Anadolu]
O ministro da Defesa da Turquia, Hulusi Akar (2º esq.), o chefe do Estado-Maior General Yasar Guler (esq.), comandante das Forças Armadas, general Umit Dundar (dir.) em visita à fronteira síria em Hatay, Turquia, em 21 de fevereiro de 2020. [ Arif Akdoğan - Agência Anadolu]

O ministro da Defesa turco, Hulusi Akar, disse que seu país continuará a responder, dentro do direito de autodefesa, a ataques contra suas forças que seja realizados pela Síria ou qualquer organização aliada ao regime.

Falando em uma entrevista coletiva sobre a estratégia de defesa da Turquia e os últimos desenvolvimentos na região, Akar disse que Ancara respeita a integridade territorial de seus vizinhos, incluindo a Síria, e não tem problemas com os curdos nem com nenhuma outra nacionalidade na região, mas enfrenta a Forças Democráticas Sírias (FDS).

Akar diz que Turquia quer ver uma Síria civil e democrática com uma entidade política unificada.

LEIA: Ataques a Iblid provocam nova onda de deslocamentos

Categorias
Europa & RússiaNotíciaOriente MédioSíriaTurquia
Show Comments
Show Comments