Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Bélgica pede por sanções contra Israel caso anexe partes da Cisjordânia ocupada

Palestinos protestam contra o plano de anexação israelense de assentamentos judaicos ilegais e do Vale do Jordão em Jericó, Cisjordânia ocupada, 22 de junho de 2020 [issam Rimawi/Agência Anadolu]
Palestinos protestam contra o plano de anexação israelense de assentamentos judaicos ilegais e do Vale do Jordão em Jericó, Cisjordânia ocupada, 22 de junho de 2020 [issam Rimawi/Agência Anadolu]

O parlamento da Bélgica aprovou hoje (26) uma resolução que exige do governo que solicite sanções à União Europeia contra Israel, caso a potência sionista ocupante avance em seus planos para anexar ilegalmente grandes porções da Cisjordânia ocupada.

A medida “referente à anexação israelense de territórios ocupados na Palestina” foi aprovada na Câmara dos Representantes da Bélgica com 101 votos a favor, entre 150 parlamentares. Foram 39 abstenções e zero votos contrários.

O parlamento também deveria votar uma moção pelo reconhecimento do estado palestino, mas a sessão foi adiada após a proposta voltar ao comitê de relações exteriores para maior debate.

Parlamentares de esquerda, incluindo membros do Partido Socialista e do Partido Verde, propuseram ambas as resoluções.

“É questão de defender a lei internacional. Não há equidistância a ser respeitada nessa luta”, declarou o deputado Ecolo Simon Moutquin, autor da resolução aprovada nesta sexta-feira.

LEIA: A anexação ainda é inadmissível, mesmo por Israel

Segundo Moutquin, a proposta tem dois objetivos: “Por um lado, enviar uma mensagem ao governo israelense de ‘não atravesse a linha vermelha’. Por outro lado, conceder alguma esperança aos palestinos que sofrem injustiças há décadas.”

Anteriormente, nesta semana, mais de mil legisladores europeus dos mais distintos espectros políticos emitiram uma carta a Israel alertando contra a anexação da Cisjordânia ocupada.

A carta declarou “graves preocupações sobre o plano do Presidente [dos Estados Unidos] Donald Trump para o conflito israelo-palestino e sobre o iminente prospecto de anexação israelense de territórios da Cisjordânia.”

LEIA: Conselho Mundial de Igrejas reivindica sanções da União Europeia contra Israel

Categorias
BélgicaEuropa & RússiaIsraelNotíciaOrganizações InternacionaisOriente MédioPalestinaUnião Europeia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments