Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Papel da Turquia na Líbia ameaça interesses de Israel, alega entidade sionista

Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan e Primeiro-Ministro da Líbia Fayez al-Sarraj realizam coletiva de imprensa conjunta no complexo presidencial de Ancara, Turquia, 4 de junho de 2020 [Metin Aktas/Agência Anadolu]
Presidente da Turquia Recep Tayyip Erdogan e Primeiro-Ministro da Líbia Fayez al-Sarraj realizam coletiva de imprensa conjunta no complexo presidencial de Ancara, Turquia, 4 de junho de 2020 [Metin Aktas/Agência Anadolu]

O Instituto de Estudos de Segurança Nacional de Israel afirmou que as vitórias conquistadas pelo Governo de União Nacional da Líbia, reconhecido internacionalmente, ameaçam os interesses do governo em Tel Aviv.

Em relatório, a entidade alegou que as recentes vitórias de Trípoli, com apoio da Turquia, “assinalam o domínio [de Ancara] entre potências estrangeiras que buscam influência sobre a nação esparsamente povoada, porém rica em petróleo”.

“A Turquia emerge como árbitro fundamental no conflito líbio; em último caso, pode exercer influência regional complementar a partir do país norte-africano”, prosseguiu o estudo.

“Os esforços da Turquia para auxiliar o Governo de União Nacional devem ser compreendidos sob contexto regional amplo … Sua relação com Trípoli e o acordo de delimitação marítima, em particular, obstruirão planos para construir o gasoduto EastMed, previsto para exportar gás natural de Israel, via Grécia e Chipre, à Europa”, declarou o instituto israelense, em referência a acordos assinados entre Trípoli e Ancara, em 2019.

LEIA: Presidente da Turquia afirma concordar com Trump sobre a Líbia em ‘alguns pontos’

No fim da última semana, o Governo de União Nacional anunciou vitória completa sobre a capital líbia, ao conquistar a retirada das milícias de Haftar. Deste modo, segundo o governo, passou a trabalhar para restaurar operações de campos de petróleo antes controlados por Haftar.

O instituto israelense declarou ainda que o controle do Governo de União Nacional sobre o petróleo líbio significa que a “Turquia deverá colher benefícios econômicos substanciais, pois carece de seus próprios recursos energéticos, além de provavelmente garantir contratos lucrativos para empresas turcas na reconstrução da Líbia.”

“Embora acontecimentos na Líbia não costumem impactar diretamente Israel, uma presença turca estabelecida no país norte-africano exige grande atenção de nossos líderes políticos”. As ações de Ancara carregam “implicações significativas na região, ao enfraquecer o campo Grécia-Chipre-Israel”, concluiu o Instituto de Estudos de Segurança Nacional israelense.

Categorias
ÁfricaEuropa & RússiaLíbiaNotíciaTurquia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments