Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Egito é abalado por estupro e assassinato brutal de menina por seu primo

Yara Ahmed Sweilem [Facebook]

O Egito ficou abalado por um crime hediondo que provocou uma onda de revolta e indignação, quando um jovem desprovido de compaixão humana matou sua prima, uma menina de nove anos, depois que ela ameaçou revelar que ele a estuprara.

A história começou quando a Diretoria de Segurança da Dakahlia recebeu uma notificação do pai de Yara Ahmed Sweilem, nove anos, sobre seu desaparecimento enquanto ela brincava na frente de sua casa. Dois dias depois que Yara desapareceu, seu corpo foi encontrado em um lago próximo.

As investigações revelaram que o assassino de Yara era seu primo, Ahmed, que se aproveitou do fato de que ela confiava nele e a agredia sexualmente. No entanto, quando Yara ameaçou revelar o incidente, ele a espancou e a estrangulou até a morte. Depois, ele deixou seu corpo em um lago próximo para cobrir seu crime.

As forças de segurança prenderam o suspeito, que mais tarde confessou seu crime e foi encaminhado ao escritório do promotor para iniciar a investigação.

LEIA: Jordania condena estuprador à morte

Categorias
ÁfricaEgitoNotícia
Show Comments
Show Comments