Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Argélia condena ativistas presos por postagens no Facebook

Facebook [Hakan Nural/Agência Anadolu]

Cortes argelinas determinaram penas severas de prisão a três ativistas da oposição presos por postagens no Facebook, reportaram grupos de direitos humanos.

A corte em Cheraga, subúrbio de Argel, capital do país, sentenciou Soheib Debagui a um ano de prisão sob acusação de convocar protesto, desacato a órgãos estatais e atos prejudiciais aos interesses nacionais, por meio de mensagens nas redes sociais, relatou o Comitê Nacional de Libertação de Detidos (CNLD).

A entidade, criada durante os protestos de Hirak, em 2019, assim como a Anistia Internacional, reportou ainda que Larbi Taher e Boussif Boudiaf foram condenados por outro tribunal, em El Bayadh, a 18 meses de prisão, também por postagens publicadas no Facebook.

Segundo seu advogado, em comunicado à rede AFP, Boudiaf destacou a “injustiça do judiciário” argelino sobre sua prisão.

LEIA: O regime argelino apenas reproduz a velha idiotice

Categorias
ÁfricaArgéliaNotícia
Show Comments
Show Comments