Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Aquisição saudita do time de futebol Newcastle United está quase completa

Equipe de futebol Newcastel United [Youtube]

Um dos times de futebol mais conhecidos do Reino Unido pode logo tornar-se a mais nova equipe da Premier League – campeonato nacional britânico – a ser adquirida pelos ricos estados do Golfo exportadores de petróleo.

Relatos indicam que a compra do time Newcastle United por um fundo de investimento pertencente ao próprio príncipe herdeiro Mohammed Bin Salman, governante de fato da Arábia Saudita, está quase completa.

Documentos protocolados na agência de registro mercantil do Reino Unido indicam a assinatura de um acordo no valor de US$373 milhões entre o St. James Holdings Ltd. – proprietário atual da equipe – e o Grupo Financeiro PCP, pertencente à empresária britânica Amanda Staveley.

Contudo, apesar de não mencionado até então nos documentos oficiais, indícios sugerem que o Fundo de Investimento Público da Arábia Saudita (PIF) será o proprietário majoritário da marca, com 80% das ações do clube.

A emissora britânica Sky Sports reportou que o PIF, controlado pelo próprio príncipe herdeiro da Arábia Saudita, deverá manter a parcela de 80% das ações, enquanto Staveley permanecerá com 10% após a compra.

Em 2009, segundo relatos, Staveley foi a principal responsável por mediar a aquisição da equipe Manchester City pela empresa emiradense Abu Dhabi United Group, pertencente ao Sheikh Mansour bin Zayed Al Nahyan, membro da família real que governa os Emirados Árabes Unidos.

Embora o acordo entre o Newcastle United e grupos ligados à monarquia saudita precise ser ratificado pela Premier League, não há qualquer indício de contestação.

Em 2019, rumores surgiram de que o Newcastle United estava quase vendido para o Sheikh Khaled Zayed Al Nehayan, bilionário de Abu Dhabi, mas o acordo não foi adiante.

Investidores da monarquia saudita buscam por oportunidades de comprar o clube há algum tempo. Negociações iniciais entre oficiais sauditas e representantes do Newcastle United foram reportadas no início deste ano.

LEIA: Catar garantiu Copa do Mundo FIFA de 2022 via propina, concluem promotores dos EUA

Categorias
Arábia SauditaEuropa & RússiaNotíciaOriente MédioReino Unidos
Show Comments
Show Comments