Portuguese / Spanish / English

Middle East Near You

Arábia Saudita bloqueia acesso a portais de notícias da Turquia

Escritório da Agência Anadolu no Cairo, no Egito, em 23 de junho de 2016 [Stringer / Agência Anadolu]

As autoridades da Arábia Saudita bloquearam o acesso aos sites da Agência Anadolu e da TRT Arabic, conforme noticiado pela Agência Anadolu.

A proibição é a mais recente má decisão da Arábia Saudita, que continua a violar os direitos humanos e a liberdade de expressão.

Ativistas das mídias sociais disseram que sua última ação é uma violação da liberdade de imprensa e expressão que aumentou ainda mais durante o reinado do príncipe herdeiro Mohammed Bin Salman.

Associações de imprensa internacionais condenaram a decisão e disseram que as violações contra jornalistas e organizações de imprensa não devem ser usadas como ferramenta de pressão política.

Assassinato de Khashoggi

Embora os crimes cometidos pela Arábia Saudita contra a imprensa e os jornalistas sejam bastante graves, o mais brutal deles foi o assassinato de Jamal Khashoggi.

Khashoggi, colunista do The Washington Post, foi morto e desmembrado por um grupo de agentes sauditas logo após entrar no consulado saudita em Istambul, em 2 de outubro de 2018.

Riyadh ofereceu várias narrativas conflitantes para explicar seu desaparecimento antes de reconhecer que ele foi assassinado no edifício diplomático.

O corpo de Khashoggi nunca foi recuperado.

LEIA: Vinte sauditas são indiciados pelo assassinato do jornalista Jamal Khashoggi

Categorias
Arábia SauditaEuropa & RússiaNotíciaOriente MédioTurquia
Show Comments
Expulsão dos Palestinos, O conceito de 'transferência' no pensamento político sionista (1882-1948)
Show Comments